Agora que já temos uma morada, está na hora de tratar das burocracias. A Primeira é tirar o National Insurance Number (NI number), este documento é uma espécie de número da segurança social, vamos precisar dele no trabalho. É o documento que é pedido logo que se começa a trabalhar no Reino Unido.Para tirarmos este cartão vamos ter que contactar o JobCenter Plus, telefonando para o +44 845 600 0643 ou 0845 600 0643 e marcar uma entrevista. O serviço está disponível das 8h às 18h dias úteis. Mais info: https://www.gov.uk/contact-jobcentre-plus
Como já temos morada, podemos pesquisar aqui o JobCenter Plus mais próximo: http://los.direct.gov.uk/Default.aspx Sugiro a deslocação ao local, antes de telefonar. Telefonar é o que toda a gente faz. Eu desloquei-me a um JobCenter plus e expliquei que precisava de tirar o NI number, quando me perguntaram quando é que me dava jeito ser a entrevista eu respondi agora e, insisti um pouco e fui atendido, este procedimento fez-me ganhar uns dias de espera.

Na entrevista para o NI number é preciso estar-se com o BI ou Passaporte. A entrevista consiste em perguntas do género: tem trabalho? O que está a fazer

No Reino Unido? Etc. Não é uma experiência intimidatória. Após a entrevista é enviada uma carta para a morada onde estamos instalados com o NI number, demora cerca de dez dias.

Se, em vez de nos deslocarmos pessoalmente ao local, telefonarmos, o operador irá pedir-nos dados pessoais e será enviado para a nossa morada uma carta a convocar-nos para uma entrevista no JobCenter Plus mais próximo da residência. Passados cerca de dez dias da entrevista recebemos em casa o NI number.


Enquanto este processo está a decorrer, é possível usar um NI number provisório e começar a trabalhar. Devemos dar conhecimento à entidade patronal de que estamos no processo de atribuição do NI number, é uma situação normal. Assim que tenhamos o número defnitivo devemos comunicá-lo à empresa onde estamos a trabalhar.


 
 
Encontrar alojamento é a primeira prioridade para quem se muda, pois para além de nos proporcionar abrigo, vamos precisar de uma morada para receber correspondência. Não se faz nada no Reino Unido sem uma morada, daí que este primeiro passo seja também o mais importante, como diz o velho ditado chinês, A viagem de mil quilómetros começa com o primeiro passo. Uma vez que acabámos de chegar à cidade e ainda não tratamos das burocracias obrigatórias, porque não temos uma morada, não vamos equacionar a hipótese de fazer um contrato de arrendamento, por isso, as imobiliárias não nos interessam.Vamos concentrar-nos no mercado informal, onde há centenas de quartos e apartamentos para alugar e partilhar. A vantagem deste mercado é que nos permite negociar facilmente, onde um mês de depósito de renda é sufciente para fechar negócio.
O mercado de arrendamento é muito dinâmico e, apesar de haver muita procura, há também muita oferta, o que faz com que em apenas alguns dias se atinja o objectivo de encontrarmos a morada que nos vai abrir as portas do futuro.

Para encontrar tão almejada morada o procedimento a fazer é o seguinte:

Visitar o site www.gumtree.com/london e em “fats & houses” seleccionar o tipo de alojamento que procuramos. Se procurarmos um apartamento escolhemos “for rent” → “ofered”, se procurarmos um quarto escolhemos “to share” → “ofered”. Após seleccionarmos o tipo de alojamento que procuramos vai-nos aparecer uma lista Cronológica, do mais recente para o mais antigo, dos quartos ou apartamentos que há para alugar. Se já soubermos a zona em que queremos morar, podemos inseri-la na caixa de pesquisa e assim, fltramos apenas os alojamentos nessa zona. Se pretendemos um ti po de alojamento específco, como por exemplo um quarto Individual, fltramos por “single room”, e assim para todas as hipóteses que queremos considerar. Contactar os anunciantes por email é para amadores, nós não temos tempo a perder, a melhor forma é através de sms. Os Britânicos funcionam muito bem com sms's. É importante assim que se chegue ao Reino Unido ter um número de telemóvel local, aconselho a levar um telemóvel desbloqueado, que sirva durante uns dias, para enquanto nos estamos a instalar não termos que nos preocupar em escolher telemóveis. Comprar apenas o SIM assim que se chegue para a troca de sms's com os possíveis futuro senhorio.
Depois das trocas de sms's, seguem-se as visitas aos alojamentos que nos interessaram. Aqui convém saber que, assim que se aviste um alojamento que preenche os nossos requisitos se feche negócio na hora, pois se isso não acontecer o mais provavel é que poucas horas depois alguém já o tenho alugado, enquanto “estavamos a pensar”. Em Londres a oferta é de boa qualidade, pelo que se algo não corresponder às expectativas das fotos que estavam publicadas no Gumtree, não temos que aceitar desesperadamente fcar com esse alojamento. Um dos outros que temos na short list irá corresponder ao que procuramos.
Assim que nos mudemos para a nova casa, é fundamental pedir ao senhorio para acrescentar o nosso nome a pelo menos uma das contas da casa (água, luz, gás). Passados alguns dias recebemos uma carta do fornecedor do serviço em nosso nome, essa carta é a nossa prova de morada que vamos precisar para abrir conta bancária.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------





 

    Compra a qui o guia!

    Add to Cart

    Que conteúdos se podem encontrar neste Guia?

    • Como encontrar alojamento rapidamente;
    • Como tirar o National Insurance number (NI Number)
    • Como abrir conta bancária;
    • Como conseguir entrevistas de emprego, mesmo sem ter contactos.